Blue Solutions participa do IT Forum Expo

A Blue Solutions participou e patrocinou a 4ª Edição do Evento IT Forum Expo, que aconteceu no WTC Golden Hall, em São Paulo, nos dias 08 e 09 de novembro.

Dashboard do Business Monitor – Stand Blue Solutions

O IT Forum Expo, que esse ano teve o tema “O Palco do Setor de TI”, é um dos principais eventos B2B de TI do Brasil, que reúne e integra toda a comunidade de Tecnologia da Informação do país.
Passaram pelo evento diversos CIOs e CEOs de empresas importantes, além de diversos profissionais de tecnologia da informação e da comunicação.

O evento debateu sobre o uso e o futuro das tecnologias nas empresas para que pudessem informar e instigar as empresas a se prepararem para as mudanças que estão acontecendo e que vão acontecer em TI e por causa da TI. Ainda, o encontro foi centrado nas vertentes Coisas, Transformação e Gente, com palcos paralelos voltados para os temas Soluções e Cases.

As plenárias gratuitas focaram e falaram sobre futuro, indústria, tendências e profissionais, relacionando esses assuntos com as vertentes principais (Coisas, Transformação e Gente) e no objetivo do evento.

à partir da esquerda: Michelle Feierabend, Jaime Azevedo, Celso Bernardi e Luis Borella

A feira de negócios contou com a presença de 60 patrocinadores, dentre eles a Blue Solutions, que apresentou o Business Monitor, sistema de Gerenciamento de Indicadores de Negócios em Tempo Real, que permite aos usuários e gestores uma visão sobre o que está acontecendo na empresa por meio de Indicadores de Performance (KPIs). Além disso, a Blue Solutions apresentou os seus Serviços Gerenciados, focados em soluções de monitoramento (NOC) e sustentação de ambiente de data center corporativo, e em venda de soluções de TI, incluindo hardware, software e serviço de implementação e migração dos ambientes.

4ª Edição do IT Forum Expo

Além da plenárias e da feira de negócios, ocorreram diversos workshops sobre IoT, impressão 3D, Desing Thinking, entre outros, e algumas premiações. No primeiro dia houve  a premiação “100+ inovadoras no uso de TI”, importante estudo do mercado de TI; no segundo dia houve a premiação do “GPTW-TI”, estudo desenvolvido pelo Great Place to Work®, com o ranking das Melhores Empresas Para Trabalhar.

Parte do time da Blue Solutions esteve presente no evento, entre eles, os Executivos de Conta Luis Borella, Wiverson Manoel, Michelle Feierabend e Ricardo Schincariol.
Ainda estiveram presentes Adhalber Seiji (Diretor Comercial), Edgar Monteiro (Diretor Executivo), Jaime Azevedo (Brand Manager) e André Bianchi (Consultor de Soluções).

Jaime Azevedo, Brand Manager da Blue Solutions, disse que “com a nossa participação na 4ª Edição do IT Forum Expo tivemos a oportunidade de apresentar em primeiro plano o Business Monitor, solução que foi de encontro a este evento dinâmico e concorrido, com nota diferenciada para o relacionamento com CIOs de empresas que estavam em busca de soluções inovadoras e eficientes. Certamente um polo único para geração de novas oportunidades e que certamente contribuiu para a ampliação da visibilidade da Blue Solutions como empresa fornecedora de soluções estratégicas para a tomada de decisão”.

à partir da esquerda: Luis Borella, Adhalber Seiji, Wiverson Manoel, Michelle Feierabend, Jaime Azevedo, Ricardo Schincariol, Edgar Monteiro e André Bianchi.

“Tive a felicidade em participar de mais um evento e posso afirmar que foi um dos melhores que participei, oportunidade ímpar para reencontro de amigos parceiros de negócios, clientes queridos e potencial novos clientes. Expomos nossa solução de gestão à vista em tempo real, que em ano de crise tem e pode ajudar as empresas para tomada de decisão, visando melhor resultado para seus negócios e core business”, afirma Michelle Feierabend, Executiva de Contas da Blue Solutions.

Esse evento foi muito importante e focado na geração de conteúdo, de relacionamento e de negócios.

Assim como o evento IT Forum+, que a Blue Solutions participou e patrocinou em Agosto, na Bahia, o evento IT Forum Expo, em São Paulo, também foi uma realização da IT Mídia.

Veja mais fotos do IT Forum Expo na página da Blue Solutions no Facebook, clique aqui.

E para ficar por dentro dos próximos eventos da Blue Solutions, clique aqui.

Referência: Site IT Forum Expo.

Read More

Gestão à Vista: das Olimpíadas para o setor de saúde

Como você sabe que time está ganhando em um jogo de basquete? Em jogos rápidos e dinâmicos, com dezenas de pontos para cada lado, a única forma de acompanhar a pontuação é através do placar, pois qualquer distração pode fazer você perder a contagem.

Então por que, no seu dia a dia, você não tem um placar para saber se está “ganhando” no seu trabalho? Como você pode chegar do almoço ou de uma reunião e saber se a equipe “pontuou” enquanto estava ausente?

A semelhança entre um jogo de basquete e o dia a dia das organizações é enorme, centenas de eventos acontecem a cada hora (telefonemas, e-mails, clientes atendidos, internações, exames, entrega de mercadorias), que demandam equipes grandes, multidisciplinares e com tarefas bem específicas.

 

Imagem publicada pela Revista HealthCare Management

Normalmente, as empresas estabelecem os pontos de controles para todas essas tarefas e pessoas, através de sistemas de ERP ou CRM, mas falham com os indicadores para acompanhamento, deixando a equipe trabalhar sem necessariamente garantir que o trabalho correto está sendo feito.

Assim, como o placar nos jogos, um quadro para gestão à vista pode nos mostrar se estamos “ganhando”, indicando se o trabalho executado está na direção correta, atingindo os objetivos estipulados.

Só que os quadros de gestão à vista em lousas ou papel impresso não mostram as informações dinâmicas que acontecem no dia a dia, normalmente só o que já aconteceu, mas o passado não se muda. Por isso, os quadros de gestão à vista têm sido substituídos por monitores e TVs, com indicadores atualizados em tempo real (em intervalos de minutos ou até segundos), de forma que a informação esteja sempre atualizada. Assim, o objetivo continua o mesmo: mostrar o “placar” do que está acontecendo na empresa, agora atualizado automaticamente.

Um aspecto importante a ressaltar é que os indicadores não servem apenas para os gestores, mas também para a própria equipe saber sobre seu desempenho. Alguns painéis podem ser projetados para que cada indivíduo saiba sua performance e possa comparar com outros membros da equipe, isso pode ser usado para uma competição interna.

Também podem ser programados para apresentar para a equipe os pontos de atenção, como processos que estão atrasados com SLA estourando, fora dos padrões, que afetarão a qualidade do serviço ao cliente, permitindo à equipe visualizar os problemas a fim de solucioná-los.

Um fator crítico de sucesso para a implantação dos painéis é determinar os indicadores que são realmente importantes para os colaboradores que irão visualizá-los. Exibir o tamanho da fila no PA para o gestor de compras ou mostrar indicadores de faturamento para o gestor de TI não é relevante.

Mas temos que tomar mais cuidado ainda com indicadores referentes à área de atuação da pessoa, mas que não necessariamente contribuem para tomada de decisão, por exemplo, indicar a quantidade de procedimentos realizados não é relevante sem um contexto. Esses indicadores precisam estar divididos e classificados com uma base de comparação para entender se estão dentro ou fora dos padrões, alguns formatos que os tornariam mais úteis:

  • Quantidade de procedimentos realizados no dia, versus a quantidade realizado a 7 dias atrás, comparando o mesmo dia da semana para entender se houve mudanças na demanda;
  • Quantidade de procedimentos realizados por tipo, com um indicador de meta ou da média geral;
  • Quantidade de procedimentos realizados por colaborador, por equipamento ou por sala, é útil para medir a produtividade dos mesmos.

Assim como num jogo de basquete, o placar deve informar apenas as informações relevantes para a partida, como tempo restante da partida e pontuação. Existem dezenas de outras métricas que não são relevantes para os jogadores, para o técnico e para o público durante a partida (faltas cometidas, quantidades de passes, quantidade de arremessos, quantos quilômetros cada jogador correu durante o jogo), mas são relevantes para o campeonato ou para a carreira do atleta, então cabem ser analisados separadamente, durante reuniões estratégicas e específicas; disponibilizar esses indicadores  durante a partida pode ter o efeito contrário, fazendo o jogador ser menos produtivo pelo excesso de informação.

Assim também acontece com os indicadores da empresa, enquanto o pessoal operacional precisa de informações para tomada de decisão rápida no dia a dia, visões mais abrangentes e estratégicas devem ser tratadas em análises isoladas, possivelmente com outras pessoas de outra hierarquia dentro da organização.

Para a implementação de painéis de gestão à vista, a Blue Solutions desenvolve o sistema Business Monitor para a criação de painéis (Dashboards) com indicadores (KPIs) em tempo real. Com amplo conhecimento na área de Saúde, temos ajudado nossos clientes a melhorar a eficiência operacional nos mais diversos setores.

Além disso, nosso sistema Profex Monitor – responsável pelo monitoramento da infraestrutura de TI, a partir do qual nossa equipe de NOC e Serviços Gerenciados pode atuar de forma proativa – permite integração com o Business Monitor para a criação de painéis personalizados, trazendo uma visão mais próxima do negócio para os ativos da TI e ajudando a mesma a se aproximar do negócio.

Conte conosco para seus projetos e para ajudar a TI a se tornar mais estratégica.

Saiba mais sobre o Business Monitor >>

Autor: Fernando Ulisses dos Santos, Diretor de Tecnologia e Desenvolvimento da Blue Solutions.
Publicação: Revista HealthCare Management, 43ª Edição; Outubro/16; páginas 218-221.

Read More